Aromaterapia para o alívio de problemas digestivos

Quem aí costuma exagerar na comilança, a ponto de comer até passar mal? Eu particularmente gosto muito de comer, e sempre acabo comendo um pouco além da conta. Mas mesmo comendo tanto, dificilmente tenho problemas digestivos. Além do meu estômago ser bem forte, o fato de eu ser vegana também ameniza bastante esse problema. Lembro que quando eu me acabava na lactose (no rodízio de fondue, aff) saía super enjoada e passava mal a noite inteira.

 

Mas tudo bem exagerar de vez em quando, né? A boa notícia é que temos uma ferramenta muito eficiente e completamente natural para amenizar os desconfortos digestivos: a aromaterapia! E eu tive uma experiência esses dias em que eu usei só óleos essenciais para aliviar uma indigestão, e fiquei surpresa com o resultado – funcionou e foi muito rápido! Por isso, vim aqui compartilhar a história com vocês.

 

Na sexta eu fiz um jantar pra mim e pro meu namorado, e ele exagerou um pouco demais na comilança. O resultado foi que, no meio da madrugada, ele acordou com azia e má digestão, perguntando se eu tinha um Epocler pra ele tomar. Mas aqui em casa não costumo ter essas coisas (só óleos, argilas e chás! haha), então eu fui correndo consultar meu material de aromaterapia. Vejam alguns trechos do texto que encontrei no site da Aromaflora:

 

“Os óleos essenciais e massagem ajudam a reduzir o mal-estar e os sintomas de problemas digestivos causados por estresse, comer demais, alergia ou intoxicação. O óleo essencial de hortelã-pimenta acalma o processo digestivo e combate a flatulência; e o de alecrim age sobre o fígado, estimulando o fluxo da bile, que ajuda a digestão.

 

As queixas digestivas mais comuns incluem diarréia, constipação e acúmulo de gases. Os óleos essenciais com propriedades antiespasmódicas ajudam a relaxar o músculo liso que reveste o intestino e facilitam a liberação de gases. Os melhores óleos essenciais antiespasmódicos nesta instância são funcho doce, gengibre, anis, laranja doce e hortelã-pimenta, massageado suavemente sobre o abdome.”

 

Depois de ler esse texto, dei uma olhada nos meus óleos e para minha surpresa vi que tinha o óleo de funcho e de hortelã! E aí fiz o seguinte: coloquei um pouco de óleo vegetal na mão, pinguei 2 gotas de óleo essencial de funcho e mais umas duas de hortelã-pimenta, e massageei o estômago dele fazendo movimentos circulares, até o óleo todo penetrar na pele.

 

E não é que em alguns minutos o desconforto começou a diminuir? Passados uns 15 minutos, por volta de 80% de todo o desconforto já tinha ido embora! E aí rapidinho ele conseguiu voltar a dormir.

 

Nunca tinha usado nenhum OE para tratar indigestão, mas confesso que fiquei impressionada e feliz com esse resultado. Já havia usado a hortelã-pimenta para enjôo (e funciona demais, podem usar!). Mas essa combinação da hortelã com o funcho foi power para o estômago, melhor do que qualquer remédio!

 

Lembrando que o funcho é um óleo que deve ser usado com moderação, pois pode causar sensibilidade em algumas pessoas. Não o utilize em mulheres grávidas e em pessoas que sofram de epilepsia, endometriose ou de algum tipo de câncer dependente de estrogênio. A hortelã também não deve ser usada em mulheres gestantes, durante tratamentos homeopáticos, em pessoas epilépticas ou com histórico de cardiopatia.

 

Para esses casos, usar óleos mais seguros, como a laranja doce.

 

E aí, gostaram da dica? Já usaram algum óleo essencial dessa forma?

 

Referências:

 

http://www.aromaflora.com.br/aliviando-problemas-digestivos-com-aromaterapia/

Avatar of Daniella Kakazu
Engenheira Química pela UFSCar, com pós graduação em Sustentabilidade pela Universidade da California em Los Angeles. Logo depois que terminou sua pós, começou a empreender na Jaci. Fez cursos de saboaria natural no Santo Sabão, se formou como aromaterapeuta pela Aromaflora e é certificada em Advanced Organic Skincare Science pela Formula Botanica.
Post criado 40

8 comentários em “Aromaterapia para o alívio de problemas digestivos

  1. Daniela, ola. Antes de mais parabens pelo site e pelos produtos. Fiz hoje a primeira encomenda e mal posso esperAr para experimentar. Sou portuguesa a residir no BrasiL e ,embora Em portugal e na europa , a a disponibilidade de cosmeticos organicos e veganos ja seja Uma realidade, no Brasil ainda tenho alguma dificuldade em encontrar. Sobretudo porque nao tenho referencias. A vossa marca é referida em varios sites como confiAvel e portanto vou experimentar. Relativamente ao artigo, mais 7ma vez a questao é: onde encontrar oleos essencais de confiança? Tentei o site da Anvisa, mas confesso que nao ajudou muito, talvez porque nao sei o nome ofical das Marcas. Muito obrigado.

    1. Oi Carla! Tudo bem?
      Obrigada pelo seu comentário! Esperamos que a gente consiga atender às suas expectativas, fizemos tudo com muito carinho e amor!
      Em relação aos óleos essenciais, temos várias marcas de qualidade, algumas que recomendo: bioessência, laszlo, vida bothanica, oshadhi, terraflor, phytoterápica, WNF… Todas essas você pode confiar de óleos fechados. Não recomendo marcas que trabalham com marketing multinível (caso da doterra e aloha).
      Se continuar com dúvidas, não hesite em nos contatar!
      Um beijo,
      Daniella

  2. Olá Daniella. TD bem? Por favor me esclareça sobre os óleos doTerra….eles não são bons??? Vice sabe me indicar um curso de aromaterapia aos sábados? Obrigada 🙏

    1. Oi Maria! Tudo bem e por aí?
      Sinceramente, não indico a doTerra. Nem tanto pelos óleos essenciais, que podem até ser de qualidade (alguns dizem que é questionável), mas pela estrutura e discurso da empresa. A doTerra é uma empresa de marketing multinível, o que faz com que sua estratégia seja muito agressiva e portanto irresponsável, ao meu ver. Não indico eles como não indico nenhuma empresa de marketing multinível (também é o caso da Aloha).
      Seus óleos são muito mais caros que a média. Eles justificam esses preços abusivos alegando que seus óleos são os únicos puros do mercado. Mentira absoluta. Fora isso, seus consultores agem de forma muitas vezes irresponsável para vender os óleos, falando que podem ser ingeridos e usados indiscriminadamente. Tudo isso sem ter um conhecimento de aromaterapia. Óleo essencial não é algo banal. É preciso ter muito conhecimento e estudo para usar os óleos essenciais de forma responsável! Enfim, a entrada deles no mercado gerou muitas polêmicas já. Eu ficaria longe deles.
      Tem um aqui sobre o assunto pra você ler:
      http://www.projetobelezasaudavel.com/2018/01/precos-de-oleos-essenciais-justo-abusivo.html

      De curso, indico o da Aromaflora, onde me formei como terapeuta. Lá tem cursos aos sábados! 😉 O introdutório de aromaterapia é no sábado e domingo!
      Espero ter ajudado 🙂

  3. Olá Daniella. Me ajudou sim. Grata pela atenção.
    Vou me informar sobre o curso na aromaflora😍👍

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo